A má qualidade de sono pode ser a maior culpada pela má qualidade de vida dos casais. Vamos dormir sobre o assunto?

Por muito feliz, satisfatória e até mesmo plena que seja uma relação, a vida a dois está sempre suscetível a alguns momentos de hostilidade e a umas quantas discussões, que são importantes e ajudam a encontrar o equilíbrio numa balança feita por duas pessoas diferentes.

Contudo, alguns casais vivem de forma constante essa hostilidade e os problemas comuns na vida a dois passam a ser um mal único que afeta o bem-estar de ambos. Os motivos para tal são mais do que muitos, mas um estudo levado a cabo nos Estados Unidos revela que há um denominador comum que deve ser levado (ainda mais) a sério: a má qualidade do sono.

Conta o The New York Times que são os casais que dormem mal - isto é, que têm uma má qualidade de sono e/ou não respeitam as horas necessárias de descanso - aqueles que mais discutem e rivalizam de uma forma menos amigável.

Diz o estudo da Universidade Estatal do Ohio que embora os casais que dormem mais de sete horas por noite também tenham os seus momentos menos bons, a verdade é que as discussões são bem resolvidas e muitas vezes argumentadas de tal forma que não chegam a ser uma má discussão.

IN:NM