Publicidade HAPPY-TEAM

http://happy-team.org/forum.php http://happy-team.org/forum.php

Info Happy-Team

O HAPPY-TEAM EXIME-SE DE TODA A RESPONSABILIDADE PERMITIDA PELO ORDENAMENTO JURÍDICO PELOS DANOS E PREJUÍZOS DE TODA NATUREZA QUE POSSAM DECORRER DA TRANSMISSÃO, DIFUSÃO, ARMAZENAMENTO, DISPONIBILIZAÇÃO, RECEPÇÃO, OBTENÇÃO OU ACESSO AOS CONTEÚDOS, E EM PARTICULAR, AINDA QUE NÃO DE MODO EXCLUSIVO, PELOS DANOS E PREJUÍZOS QUE POSSAM DECORRER...
+++OBRIGATORIO PARA TODOS NOVO REGISTRO NO NOVO PROJECTO+++ HAPPY-TEAM
Jantar Happy-Team 2019, consultar: area de informacoes
Resultados 1 a 3 de 3
  1. #1
    Colaborador Country: Europe Avatar de belgica
    Data de Ingresso
    Nov 2017
    Posts
    550

    Level: 31 [?]
    Experience: 335.391
    Next Level: 369.628

    [ASTRONOMIA] Falcon Heavy enviou a sua primeira carga comercial para o espaço

    o foguetão Falcon Heavy conseguiu também regressar da sua primeira missão comercial - para a empresa espacial de Elon Musk, a SpaceX, este foi um passo essencial na corrida pelos contratos milionários com as forças militares norte-americanas


    Click here to enlarge

    descolagem do Falcon Heavy composto por três foguetões Falcon 9 - THOM BAUR/REUTERS


    O foguetão Falcon Heavy, actualmente o mais potente do mundo, composto por três foguetões Falcon 9, conseguiu lançar a sua primeira missão comercial na última quinta-feira. O foguetão, que já tinha antes colocado no espaço com sucesso um Tesla vermelho num voo de teste em 2018, descolou do Centro Espacial Kennedy, na Florida, Estados Unidos, levando a bordo a primeira carga comercial.

    Três minutos depois de ter saído da rampa de lançamento, os dois foguetões laterais separaram-se da parte central do foguetão e aterraram de forma sincronizada na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Florida. O terceiro foguetão, depois de enviar a carga para o espaço, aterrou também com sucesso na plataforma marítima da SpaceX, a 650 quilómetros da costa da Florida. Esta aterragem sem falhas foi celebrada pelos engenheiros da SpaceX.

    O foguetão Falcon Heavy, com 70 metros de altura e 12 metros de diâmetro, transportou satélites de comunicação para a empresa de telecomunicações Arabsat, com sede na Arábia Saudita, que comercializa serviços de televisão e Internet para África, Europa e Médio Oriente.

    Na missão de teste de 2018 do Falcon Heavy, o foguetão central falhou a aterragem na plataforma marítima e caiu no oceano atlântico.

    “Os Falcons aterraram”, anunciou Elon Musk no Twitter, comemorando o primeiro regresso dos três foguetões. Depois de remodelados, os foguetões que compõem o Falcon Heavy poderão ser reutilizá-los noutra missão. Assim, este mesmo foguetão vai voltar ao espaço com vários satélites para fins militares e científicos da Força Aérea, já este Verão.







    ver em fullscreen [F11]



    A última missão do Falcon Heavy estava, inicialmente, marcada para quarta-feira. No entanto, Elon Musk anunciou no seu Twitter o adiamento – afinal só por um dia – por não existirem condições climatéricas favoráveis.

    A missão foi crucial na corrida com outras empresas espaciais – a United Launch Alliance, uma junção entre a Boeing e Lockheed, e a Blue Origin de Jeff Bezos, o fundador e presidente da Amazon. Estas empresas, assim como a SpaceX de Elon Musk, estão a trabalhar para provar a superioridade dos seus foguetões, para conseguirem contratos ligados à segurança nacional dos Estados Unidos que valem milhares de milhões de euros.

    Em 2018, a Força Aérea norte-americana já tinha aproveitado a SpaceX para lançar um satélite militar confidencial – um contrato que rendeu à empresa de Elon Musk 120 milhões de euros – e em fevereiro deste ano houve mais três missões no valor, cada uma, de 260 milhões de euros.


    Click here to enlarge

    o foguetão Falcon Heavy transportou a primeira carga comercial para o espaço - THOM BAUR/REUTERS


    A empresa de Elon Musk e a Boeing também estão a competir entre si para enviar seres humanos para o espaço, pela primeira vez numa década a partir dos Estados Unidos, ao abrigo de um programa da NASA. A cápsula Dragon, que irá no topo do foguetão Falcon 9, já teve autorização para o seu primeiro voo de teste não tripulado em março, a que se seguirá uma missão já tripulada em julho. Já a Boeing só tem previsto para agosto o primeiro teste da sua cápsula Starline, transportada pelo Atlas 5, da United Launch Alliance.

    A SpaceX foi fundada em 2002 por Elon Musk, também co-fundador da Tesla, empresa que fabrica carros eléctricos. Um dos objectivos principais do multimilionário é a colonização de Marte, para salvar a humanidade de uma possível catástrofe natural. Elon Musk assume a 40º posição na lista das pessoas mais ricas da revista Forbes, com uma fortuna avaliada em cerca 16 mil milhões de euros.
















































    in PÚBLICO.pt
    passem bem,
    belgica

    it's good to work but it's not a reason to die for...

  2. #2
    Junior Member Country: Algeria Avatar de lindatovar
    Data de Ingresso
    Apr 2019
    Idade
    27
    Posts
    2

    Level: 6 [?]
    Experience: 184
    Next Level: 282

    Very good, I think I found the knowledge I needed. I will see and refer some information in your post. thank you marvel movies

  3. #3
    Colaborador Country: Europe Avatar de belgica
    Data de Ingresso
    Nov 2017
    Posts
    550

    Level: 31 [?]
    Experience: 335.391
    Next Level: 369.628

    [ASTRONOMIA] Falcon Heavy tombou devido às ondas

    .

    Click here to enlarge


    A primeira missão comercial do Falcon Heavy não correu afinal tão bem quanto se desejava, com a ondulação marítima a ter feito tombar o núcleo central depois de ter pousado correctamente na plataforma flutuante.

    Embora tudo indicasse ter sido uma missão com triplo sucesso, com os três foguetes que compõem o Falcon Heavy a terem pousado com sucesso, o facto do bloco central ter aterrado na plataforma flutuante veio a demonstrar a imprevisibilidade do mar. Enquanto os dois boosters laterais aterraram sem problemas em terra e assim permaneceram, o núcleo central do Falcon Heavy não teve a mesma sorte.

    As condições marítimas pioraram e ondulação acabou por fazer tombar o foguete. Situação infeliz uma vez que a SpaceX tem previsto esta situação e tem um sistema robotizado chamado octagrabber que prende os foguetes assim que aterram, precisamente para os proteger da ondulação e ventos que se possam vir a fazer sentir. O problema é que o octagrabber não estava ainda preparado para lidar com as "patas" do núcleo central do Falcon Heavy, que é diferente dos Falcon "normais" devido aos encaixes para os dois boosters laterais.

    A SpaceX deverá lançar um novo Falcon Heavy daqui por dois meses, onde serão reutilizados os boosters laterais desta missão - e desta vez já com um octagrabber actualizado e capaz de manter o foguete central preso à plataforma caso volte a aterrar com sucesso.










































    in abertoatedemadrugada.com
    passem bem,
    belgica

    it's good to work but it's not a reason to die for...

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

PARCERIAS DO HAPPY-TEAM